Tipos de solventes para tintas

O solvente é um elemento essencial quando você vai pintar as paredes ou qualquer outra superfície da sua casa. Existem diferentes tipos, cada um deles específico para certas superfícies, pinturas ou feições. Tome nota dos tipos de solventes de tinta:

– Universal solvente : serve para todos os tipos de pinturas, como indicado pelo “universal” do seu nome. Também pode ser usado para limpar ferramentas. É a melhor opção se você vai pintar com esmaltes sintéticos.
– Nitro solvente : é utilizado para diluir tintas de nitrocelulose, como vernizes, enchimentos, lacas, etc. É um dos mais fortes e resistentes no mercado hoje.

– Solvente de poliuretano : é usado para diluir tintas de poliuretano, embora também possa ser usado para tintas de nitrocelulose (faça um pequeno teste antes se, nesse particular, não estiver indo bem).

– Solvente de borracha clorada : é para tintas de borracha clorada, que geralmente são para uso industrial em superfícies como passagens de zebra ou linhas traçadas em estradas. Também serve para limpar ferramentas ou ferramentas que foram manchadas com borracha clorada.

– Solvente retardante : é muito macio e é usado para diluir a tinta como qualquer outro, mas com a característica de retardar o efeito de secagem da tinta. Por causa disso, é perfeito para quando você está pintando ao sol desde que a tinta seca antes e com este solvente que não acontecerá, então você terá mais tempo para trabalhar melhor.

– Solvente epóxi: é para tintas e piso epóxi e também para a limpeza de ferramentas e ferramentas que foram coradas com este tipo de tinta.

– Terebintina : não é um solvente, mas pode ser usado como tal nas pinturas que são esmalte sintético, embora sua força e resistência não seja a mesma que com um solvente real.

– Água : com água você pode diluir qualquer tinta que seja água, como plástico ou esmalte de água.

Fachadas de casas simples com garagem

As fachadas de casas simples com garagem também podem ser charmosas e convidativas. O conceito de simplicidade arquitetônica nunca esteve tão em alta no mundo todo. Os projetos estão cada vez mais focados na simplicidade dos elementos que compõem sua arquitetura, e seus modelos mais modernos se revelam verdadeiras obras de arte abstratas. Conheça algumas fachadas de casas simples e inspire-se para criar o seu próprio projeto.

Estilos de fachadas de casas simples

Todo projeto se inicia a partir da definição de um estilo. Misturar estilos pode ser complicado e arriscado, então opte por apenas um deles. Observe alguns estilos de fachadas de casas e escolha aquele que mais combina com você.

Fachada contemporânea: Uma fachada contemporânea é baseada nas tendências que surgiram a partir da metade do século XX. Suas linhas arquitetônicas costumam ser retas e lisas, disponibilizadas em formatos angulares. O vidro pode ser um componente importante, ostentado por janelas largas e visualmente elegantes. As varandas podem ser amparadas por colunas em metal ou concreto em formas arredondadas, e algumas fachadas de dois pavimentos aproveitam esse espaço para adaptar uma garagem no andar de baixo. Esse estilo geralmente pede uma fachada com telhado embutido, que dá a impressão de que não há nenhum telhado. Alguns exemplos de  fachadas contemporâneas você poderá encontrar nos projetos de Marco Kogan, Paulo Mendes da Rocha e Isay Weinfeld.

Fachada moderna: As fachadas de casas modernas seguem uma linha contemporânea, a principal diferença entre os dois estilos é muito sutil, e se baseia na composição dos materiais utilizados nos projetos modernos atuais. Em um projeto arquitetônico moderno os componentes utilizados são:

  • Texturização:
  • Madeira reaproveitada;
  • Aço liso ou escovado;
  • Materiais vazados.

Num projeto de fachada moderna, a simplicidade conta muitos pontos, principalmente em tempos de consciência sustentável. A garagem geralmente ocupa a frente ou uma pequena área lateral da casa, e pode ser  coberta por acrílico, em tom transparente ou escuro.

Fachada colonial: A arquitetura colonial é baseada no estilo das casas que datam da época da descoberta do Brasil pelos portugueses, no ano de 1500. Sua estrutura arquitetônica é constituída por imponentes e glamorosos telhados de barro, janelas arredondas e muita madeira. A garagem das casas com esse estilo costumam ficar em espaços próprios, ambientes criados especificamente para guardar o carro, e geralmente ocupam a lateral da casa.

Fachada clássica: As fachadas clássicas são inspiradas nos modelos arquitetônicos da Grécia e Roma antiga. Esse modelo é composto por características tais como, proporção, frisos, colunas exuberantes e detalhes ornamentais nas grades da varanda e portões. A garagem que compõe esse estilo de fachada, geralmente se localiza na sua lateral. Acima da garagem é possível manter um cômodo com varanda ou terraço. A entrada das casas com estilo clássico geralmente possuem passeio para uma ou duas pessoas. Esses passeios ou caminhos são adornados por belos e suntuosos jardins ou gramados.

Para ver mais sobre decoração: https://madric.com.br/

Escolha o estilo que mais se assemelha com a sua personalidade e inicie agora mesmo o seu projeto.

Botijão de gás 13kg – Vale a pena abrir uma distribuidora?

Em todo o mundo, o mercado consumidor de botijão de gás é de 200 milhões de toneladas por ano e tem o maior potencial de consumo nas economias emergentes. No Brasil, o gás de botijão é um dos principais componentes da matriz energética nacional, contribuindo para o crescimento sustentável do país e o desenvolvimento socioeconômico dos segmentos mais pobres da população.

Atualmente, o mercado de distribuição de cilindros de gás possui uma ampla rede de distribuição que reúne 21 distribuidores e 48 mil revendedores, troca 100 milhões de cilindros, atende 42 milhões de residências e gera 350 mil empregos diretos e indiretos. Esta rede cobre 100% do território do país e garante a entrega de 95% dos domicílios. É uma questão de capilaridade e penetração nas casas, superando os serviços de energia elétrica e água da torneira. Por exemplo, para encontrar um botijão de gás 13kg em Curitiba vai poder comprar das principais marcas presentes no Brasil, como a Liquigás.

botijão de gás 13kg preço

botijão de gás 13kg

Distribuidoras de gás de cozinha no Brasil

As grandes distribuidoras de gás, que no Brasil são pequenas, controlam o mercado desse segmento, pois a ANP – Agência Nacional do Petróleo – limita o número de botijões de gás às marcas de cada uma dessas distribuidoras. A introdução de novas grandes empresas e marcas próprias não tem lugar para instalação. A única opção é atuar como representante de um grande distribuidor já consolidado no mercado.

No entanto, há um bom lugar para o surgimento de pequenos distribuidores, desde que o empreendedor obtenha um contrato para a marca de distribuição consolidada no mercado nacional. Assim, é necessário buscar a possibilidade de abrir um distribuidor de gás de cozinha que atue com vendas diretas aos consumidores e o fornecimento de pequenos varejistas. Ou distribuição para comércios.

A variante do botijão de gás mostrou crescimento contínuo em todos os estratos sociais. Nas classes sociais de baixa renda, esse crescimento foi maior porque a população de alta renda mudou o consumo de um cilindro de 13 kg para cilindros de gás maiores que são fornecidos diretamente por grandes distribuidores.

botijão de gás 13kg preço do gás

botijão de gás 13kg preço do gás

Dicas para abrir uma revenda de botijão de gás 13kg

Em conexão com o risco interno para os negócios, recomenda-se realizar pesquisas de marketing para avaliar a demanda e a concorrência. Aqui estão algumas dicas:
• Pesquisa em fontes como prefeitura, guias, associações do IBGE e bairros, para quantificar o mercado alvo.
• Pesquisa de manuais especializados e periódicos sobre este setor. Esta é uma ferramenta fundamental para a realização de análises de concorrência, selecionando concorrentes no bairro, faixa de preço e especialidade.
• Visitar concorrentes diretos, identificando os pontos fortes e fracos das instituições que operam no mesmo nicho.
• Participação em seminários especializados.

Outro ponto é depois de abrir seu escritório é importante sua decoração, afinal você vai passar mais de 1/3 do dia nele. Então você precisa se sentir confortável e que não tire sua atenção. Veja dicas no blog de decoração

Enfim, mercado para vender botijão de gás sempre há e como qualquer outro negócio há de se pesquisar muito o mercado, entender dos riscos, leis, regulamentações e o marketing do negócio da venda de botijão de gás.